Faça uma pesquisa

Validating credentials, please wait...

Home

MUNICIPIO DE MARACAJU PODERÁ SER PREJUDICADO POR SINDICATO DOS TRABALHADORES DIFICULTAR FECHAMENTO DE CONVENÇÃO

MUNICIPIO DE MARACAJU PODERÁ SER PREJUDICADO POR SINDICATO DOS TRABALHADORES DIFICULTAR FECHAMENTO DE CONVENÇÃO

A Convenção de 2018/2019 não foi fechada em virtude do Sindicato dos Trabalhadores dificultar negociação e não querer abrir mão da contribuição confederativa laboral. O Sintracom não aceitou a proposta de colocar na convenção que os funcionários poderiam optar pelo não pagamento da contribuição. Segundo o Sindicato ele quer que todos os funcionários do comércio sejam obrigados a pagar, mesmo os não associados ao sindicato.

Outro ponto em questão foi a homologação da rescisão do contrato de trabalho que a nova lei permite que se realize somente dos funcionários que assim desejarem, mas o Sintracom quer que todos os funcionários com mais de um ano de registro sejam obrigados a fazer a homologação no sindicato.

Maracaju fechou o maior ajuste salarial do estado. O Piso salarial dos comissionados e o salário comercial teve um aumento de 8%, já os que ganham acima do piso tiveram um aumento de 5,5%, no entanto o sindicato dificulta cada vez mais o fechamento dessa convenção pelo simples fato de não querer abrir mão dessas contribuições que os empresários lutam para que seus funcionários possam ter pelo menos a oportunidade de escolherem pagar ou não, um direito adquirido em lei federal.

É importante frisar que o comércio local sempre teve este horário especial e que haverá grandes prejuízos para o comércio, para a população e para todo o município, mas que é necessário que a decisão da assembleia dos empresários seja mantida por toda a classe empresarial, assim a união de todos fortalece a decisão da maioria.

O pais está caminhando para uma aproximação entre empresários e colaboradores e as leis começam a refletir esse desejo, não podemos abrir mão das últimas conquistas legais, os empresários de Maracaju mostraram com essa atitude de fazer valer a lei que estão mais preocupados com os seus colaboradores do que o próprio sindicato que está visando apenas o bem próprio. Precisamos ficar unidos para fortalecer a nossa lei.